Europa, Inglaterra, Londres, Reino Unido

Enfield: um bairro completo no norte de Londres – campos, parques e lojas!

Hoje eu levo vocês para conhecer junto comigo o bairro do extremo norte de Londres, Enfield. Eu tive a ideia de criar uma série pra o meu Canal do YouTube, seguido também de um post aqui no blog.

Nessa série, eu mostro um pouco mais sobre cada bairro de Londres, conto um pouco da história do bairro, revelo algumas curiosidades, mostro alguns dos prédios históricos, compartilho alguns dos principais pontos de interesses e dou dicas de lugares pra comer! A minha intenção é mostrar uma Londres que vai além daquela clássica que todo mundo já conhece e já está cansado de ver por aí.

Enfield Town
Bairro de Enfield, Londres.

Londres é dividida em 32 bairros + a City of London. Desses bairros, 12 ficam na região central, que é chamada de Inner London. Os outros 20 bairros ficam mais afastados do centro, essa região é chamada de Outer London. A junção dessas duas regiões em Londres é chamada de Greater London.

Você vai encontrar nesse post:
Sobre o bairro Enfield
Como cheguei em Enfield
Pontos de interesse
Sugestão de um pub local
O que eu achei do tour em Enfield
Confira o vlog de Enfield no YouTube

Sobre O Bairro Enfield

Enfield é o bairro que fica mais ao norte de Londres. Ele foi formado no ano de 1965, a partir da fusão dos bairros de Edmonton, Enfield e Southgate. Hoje em dia, outras áreas compõem o bairro, como por exemplo, Palmers Green, Winchmore Hill, Oakwood, Enfield Lock, Arnos Grove, Ponders End, entre outras.

Antigamente, essa era uma região de muitos campos e bosques. Reis e rainhas da era Tudor vinham até aqui para caçar, passear e relaxar por um período que durou mais de 400 anos. O Palácio de Elsyng, tornou-se um dos palácios reais de Henrique VIII e permaneceu sendo um dos favoritos dos Tudors por muitos anos. O que sobrou desse palácio se encontra hoje embaixo do local onde foi construído o Forty Hall.

Registros indicam que a região de Enfield Town era uma pequena cidade comercial desde o início do século 14, na época isso era um dia de caminhada do centro de Londres. Conforme Londres foi crescendo, esse bairro virou um grande subúrbio residencial. Hoje em dia com o transporte público, a conexão entre o centro de Londres e esse bairro ficou mais rápida e fácil.

Enfield
Letreiro Enfield, em frente ao Enfield Civic Centre.

Assim que eu publiquei o vlog do bairro no Youtube, muitos seguidores vieram me perguntar sobre a casa que serviu de inspiração para o filme Invocação do Mal 2. Aparentemente, em 1977 foi documentado que uma família que morava na Green Street, estavam experienciando algumas atividades paranormais. Principalmente Janet, uma das crianças dessa família. Existem registros dela levitando, falando por horas com uma voz grave e rouca, objetos da casa sendo arrastados, entre outras coisas.

Esse filme teria sido baseado nesses fatos reais que até os dias de hoje continuam sem explicação. Eu como não gosto de filmes de terror e suspense, não sabia da existência dessa casa. Mas em todo caso, eu quis deixar essa informação aqui pois pode ser que você tenha interesse e queira descobrir um pouquinho mais dessa historia arrepiante e quem sabe, queira também ir lá dar um pulinho pra ver essa casa de perto.

Como Cheguei Em Enfield

Apesar de  morar em Londres há mais de 11 anos e a maior parte desse tempo ter vivido sempre no norte da cidade, nunca tive a oportunidade ou talvez a curiosidade de conhecer o bairro de Enfield.

Esse bairro não fica assim tão distante da minha casa, mas eu decidi ir de carro pois eu tinha a intenção de conhecer o máximo que eu pudesse para poder gravar o vlog todo em um dia. Como algumas atrações que eu tinha vontade de conhecer ficavam distantes umas das outras, então de carro ia ficar bem mais fácil o deslocamento durante o dia.

Caso você queira conhecer um dos locais que eu listei abaixo e for utilizar o transporte público, eu diria que a melhor opção é pegar o Overground até a estação de Enfield Town (zona 5), pois essa é a estação central do bairro de Enfield. Próximo da estação ficam alguns dos pontos listados nesse post.

Market Place, Enfield Town
Market Place em Enfield Town.

Pontos De Interesse Em Enfield

Trent Country Park

O local onde o Trent Park se encontra, fica um pouco mais afastado dos outros lugares que visitei no bairro de Enfield, principalmente do centro comercial de Enfield Town. Então eu vim até o parque de carro e comecei o passeio do dia por aqui.

Como mencionei no começo desse post, a região onde se encontra o bairro de Enfield era predominantemente formada por campos e bosques onde a realeza vinha para relaxar e caçar, daí que vem o nome Enfield Chase. Então por mais de 400 anos, reis e rainhas da era Tudor, como por exemplo, Henrique VIII, Elizabeth I e James I podiam ser vistos em seus cavalos reais caçando veados no meio da floresta.

Desde 1777, a região onde ficava o Enfield Chase vem sendo desmatada e urbanizada, apenas uma pequena parte da floresta original permanece, o Trent Park é uma dessas áreas.

Trent Park
Trent Park em Enfield, Londres.

Adorei ter conhecido mais esse parque em Londres, que de tão grande não dá nem pra acreditar que fica dentro de uma das maiores cidades do mundo. Pra quem vai de carro, o estacionamento do parque é enorme e não paga nada. Logo em uma das entradas fica a cafeteria Trent Park Cafe que eu não parei pra pegar um café, apesar do cheiro bom que vinha de lá.

Uma atração paga bem bacana que eu notei logo na entrada do parque se chama Go Ape Cockfosters, que é um centro de arvorismo. Achei que isso fosse só coisa de criança, mas na verdade, só tinham adultos na porta do centro fazendo uma pequena introdução com um dos funcionários do local. Fiquei com vontade de voltar um dia pra fazer essa trilha pelo alto das árvores, eu adoro uma emoção!

Dei uma volta pelos campos, caminhei por dentro de bosques e fui conferir um pequeno lago que tem no centro do parque. O parque é tão grande e tem tanta coisa pra fazer, que o tempo que eu fiquei foi pouco. Queria ter conferido o Camlet Moat, o Obelisco Earl of Harold Memorial, o Wildlife Rescue & Ambulance Service – onde voluntários resgatam e cuidam de animais selvagem feridos, enfim. Com tanta coisa pra fazer dá pra aproveitar um dia todo pelo parque mas eu tinha que continuar meu tour pelo bairro de Enfield.

Royal Small Arms Factory

Ao sair do parque, pegamos o carro e dirigimos por uns 20 minutos até a região de Enfield Lock, onde fica a Enfield Island Village. Como o próprio nome já diz, essa “ilha” é rodeada por canais do Rio Lea e do Rio Lee Navigation. Aqui fica um dos prédios históricos mais interessantes do bairro.

Por volta de 1816 foi construída aqui a fábrica de armamentos e rifles Royal Small Arms Factory. Essa fábrica era de propriedade do governo britânico. Um dos armamentos mais famosos que eram fabricados aqui é o rifle Enfield Lee .303.

Royal Small Arms Factory Enfield
Royal Small Arms Factory

Eles utilizavam a energia hídrica obtida a partir do rio Lea para movimentar as máquinas da fábrica, assim como também fazer o transporte de matéria prima para a fábrica. Posteriormente as armas prontas eram embarcadas para serem levadas até o rio Tâmisa, que fica uns 25 km de distância daqui. Por fim, esses armamentos seriam carregados em navios à vela.

Essa fábrica foi fechada e posteriormente vendida em 1988. Apesar de alguns prédios e galpões terem sido preservados e mantidos com a fachada original, a área foi toda transformada em um conjunto habitacional, também notei que tinha um mercado Tesco e uma academia em volta. Tem também o museu RSA Interpretation Centre que conta um pouco da história dessa fábrica, pena que no dia da minha visita o museu estava fechado por causa da pandemia de coronavírus. Pra quem quiser conferir mais detalhes, deixo aqui o site oficial do museu.

Capel Manor College

Da região de Enfield Lock pegamos o carro e dirigimos por uns 15 minutos até o Capel Manor College. Esse local ainda fica um pouquinho afastado do centro comercial de Enfield Town. Eu fiz questão de vir aqui por dois motivos, um deles é que essa é a única faculdade de Londres especializada em meio ambiente.

No passado, essa propriedade pertencia à uma família que comercializava chá, mas desde de 1968 é uma faculdade que hoje em dia possui mais de 6 campus espalhados por toda Londres. Aqui os alunos aprendem sobre agricultura, horticultura, floricultura, conservação ambiental, design de jardins, manejo animal e entre outros.

Outro motivo que me trouxe até aqui é o fato deles terem um jardim aberto ao público que é cuidado pelos alunos da faculdade, o Capel Manor Gardens. Nesse jardim existe um labirinto de azevinho, que pelo que eu li é o único labirinto desse tipo de planta no Reino Unido.

O ingresso para esse jardim custa £7 por adulto. Porém, por causa da pandemia de coronavírus, o labirinto estava fechado no dia que eu fui, então vou ter que voltar outra vez pra conhecer. Pra dizer que a viagem até aqui não foi perdida, posso dizer que fiquei feliz de ver as ovelinhas passeando na frente da faculdade!

Capel Manor College
Capel Manor College (não consegui tirar foto nem do prédio da faculdade e nem das ovelhas!)

Forty Hall Estate

Como ainda era final da manhã e tínhamos tempo de conhecer mais um lugar antes do almoço, da faculdade Capel Manor College dirigimos uns 5 minutinhos até o Forty Hall Estate. Lembrei que na verdade eu já tinha vindo aqui em 2017 com meu irmão e minha cunhada, fiquei feliz de estar visitando novamente.

O Forty Hall Estate é uma mansão histórica super bem preservada localizada em frente à um pequeno lago, um cenário bem pitoresco. Nesse mesmo terreno há centenas de anos ficava o Elsyng Palace, antiga residência do rei Henrique VIII e de seu filho Eduardo VI e Elizabeth I.

Hoje em dia, a mansão é aberta ao público para visitação, a entrada é gratuita. Podemos aprender um pouco mais do passado da mansão através da pequena coleção de móveis da época, pinturas e artefatos. Durante a pandemia de coronavírus o uso de máscara é obrigatório pra quem deseja conhecer a mansão por dentro.

Ao redor da mansão, além do lago já mencionado tem também uma exuberante árvore de cedro-do-líbano de aproximadamente 350 anos de idade. Essa é uma das únicas árvores dessa espécie no Reino Unido. Outro local interessante pra conhecer é o Forty Hall Farm, uma fazendinha onde os animais são cuidados pelos alunos da faculdade Capel Manor College e onde tem também pequeno vinhedo que é administrado por voluntários. Olha que legal, você pode comprar vinho produzido em Londres!

Esse é um lugar ideal pra um passeio de domingo, tem muita coisa pra ver e fazer. Para conferir todas as atrações do Forty Hall Estate e para mais informações, confira o site oficial.

The King And Tinker Pub

Já passava de duas da tarde quando terminamos a visita no Forty Hall Estate então decidimos parar para almoçar antes de continuar o nosso tour pelo bairro. Pesquisei algumas opções de pubs e restaurantes com boas avaliações na internet ou com uma história interessante. Foi no próprio site da “prefeitura” do bairro que eu descobri a história do pub The King and Tinker.

Com aproximadamente 500 anos de existência, acredita-se que esse é um dos pubs mais antigos de Londres. Além disso, cerveja seria produzida aqui nesse local pelo menos desde 950 d.C.

O nome do pub se originou na balada antiga King & Tinker (O Rei e O Funileiro) que conta que enquanto o rei James I caçava na área, ele teria se separado dos seus membros da corte e foi se refugiar na cervejaria. Lá ele teria encontrado um funileiro com quem fez amizade e passou horas bebendo. O funileiro não sabia quem era seu companheiro de bebida, somente quando os membros da corte chegaram para resgatar o rei foi que o funileiro descobriu com quem estava bebendo. Esse encontro teria acontecido nesse pub.

Depois de ler essa história fiquei super curiosa pra conhecer o local. O pub fica numa estrada meio afastada, em um lugar isolado com carinha de interior, cheio de árvores em volta. A construção tem uma arquitetura que me pareceu ser realmente mais antiga. A decoração no interior do pub também me chamou bastante atenção, apesar de bem preservado, tudo tinha um aspecto muito antigo.

Como o dia estava bem ensolarado, resolvi pedir um fish & chips e almoçar em uma das mesinhas que eles tem do lado de fora. A comida estava razoável, nada de especial. Achei o peixe levemente engordurado e fiquei triste que não mandaram um tartar sauce no meu prato.

Endereço: Whitewebbs Lane, Enfield, EN2 9HJ
Site Oficial: https://www.kingandtinker.com

Guys Lodge Farm

Logo em frente ao pub, onde hoje em dia ficam os estábulos da Guys Lodge Farm, acredita-se que aqui ficava a antiga Whitewebbs House. Essa local teria uma ligação com Guy Fawkes, o cara que tentou explodir o parlamento britânico. Acredita-se que no dia 30 de outubro de 1605, Guy Fawkes teria visitado o porão do parlamento para se certificar que a pólvora ainda estava lá e não havia sido descoberta. Depois disso, ele teria voltado pra esse lugar e reportado ao líder Robert Catesby.

Depois do almoço, eu fui dar uma conferida nesse local. Como não haviam placas dizendo que era uma propriedade privada eu fui entrando. Passei por dentro de um pequeno estábulo com alguns cavalos dentro, cada um tinha um nome mais engraçado do que o outro, como Polly, Daisy e Tyson. Segui em frente pelo terreno ate um estábulo maior e mais moderno. Os cavalos desse estábulo também eram maiores e pareciam ser de uma raça mais cara.

Estava eu lá curtindo meu passeio, fazendo amizade com todos os cavalos, quando um senhor se aproxima de mim e pergunta se eu preciso de ajuda. Ao dizer que não, estava mesmo só olhando os cavalos, ele me informa que essa é uma propriedade privada. Eu entendi a sutileza do seu recado que eu deveria me retirar da propriedade imediatamente.

Enfield Town Station

Depois de sermos indiretamente convidados a nos retirar dos estábulos, decidimos ir conhecer os pontos de interesse no centro comercial de Enfield Town porque já estava ficando tarde. Estacionamos o carro nas ruas de trás da Enfield Grammar School e seguimos caminhando para a primeira parada, a estação de Enfield Town Station que fica na zona 5.

Caso você queira vir conhecer o bairro de Enfield, mas não a intenção de conhecer os outros pontos que ficam mais distante do centro, você pode pegar um trem da Overground e descer aqui nessa estação para conhecer esse que é o principal centro comercial do bairro de Enfield.

Estação de Enfield Town.

Market Square

Ao sair da estação, caminhamos por uns 5 minutos até chegar na Market Square, que é a praça central da região de Enfield Town. O que eu mais achei interessante foi a história dessa feira de rua, pois acredita-se que o comércio nesse local teria iniciado por volta do ano de 1303, por ordem do rei Edward I e teria sido um evento semanal desde então. A feira foi crescendo com os passar dos anos, conforme mais pessoas se mudaram para esse bairro e posteriormente com a chegada da linha ferroviária.

Hoje em dia, aqui rola uma feira de rua três vezes por semana – às quintas, sextas e sábados – com barracas de comida, frutas, vegetais e outros produtos locais. Como eu fui em um domingo a feira não estava funcionando. Então mais um motivo pra eu voltar um outro final de semana em Enfield pra conferir, pois se tem uma pessoa que ama feira, essa pessoa sou eu.

Market Place em Enfield Town.

Barclays Bank ATM

Ao lado dessa praça fica uma agência do banco Barclays que ficou famosa por um motivo bem bacana. Pois no dia 27 de junho de 1967 foi instalado aqui, o primeiro caixa eletrônico (ATM machine) do mundo. Nesse dia, a máquina foi inaugurada na frente de uma multidão pelo ator britânico Reg Varney.

Hoje em dia tem uma blue plaque da English Heritage para reconhecer a importância histórica desse evento. Ao lado esquerdo do prédio tem dois caixas eletrônicos. Um dele é um dourado bem chamativo, deve ser o único dessa cor em Londres. Ele foi instalado para celebrar o aniversário de 50 anos da instalação do primeiro caixa eletrônico do mundo.

St Andrew’s Church

Logo atrás da agência da Barclays bem ao meio de um jardim, cheio de árvores, esquilos e túmulos, fica a igreja anglicana de St Andrew. Essa é uma das igrejas mais antigas do bairro. Existem evidências da existência de uma igreja aqui nesse mesmo local pelo menos desde o século 12. Obviamente que a construção já foi restaurada e modificada diversas vezes até ficar desse jeito que a gente vê hoje.

Não sei se foi por causa da pandemia de coronavírus ou por ser 5 horas da tarde de um domingo, mas infelizmente no dia da minha visita a igreja estava fechada. Eu queria muito ter conhecido por dentro, principalmente por causa do órgão que data de 1753, dos vitrais coloridos e dos monumentos da igreja. Mais um motivo especial pra visitar o bairro de Enfield em breve.

St Andrew’s Church, Enfield.

Enfield Grammar School

Logo ao lado dos jardins da igreja fica a Enfield Grammar School. Quando eu estava pesquisando a história do bairro pra descobrir como ele se formou e se desenvolveu, vi que essa escola teve um papel muito importante. Pois ela foi fundada em 1558 e por aqui já estudaram muitos personalidades importantes do Reino Unido.

Essa escola é uma escola de meninos entre 11 e 18 anos, a diferença entre uma grammar school e uma secondary school é que antigamente, as crianças que frequentavam essas escolas continuavam os seus estudos no ensino superior e consequentemente obtinham empregos melhores.

Lembrando que não é possível visitar a escola por dentro, pelo menos não que eu saiba. Eu só vim ate aqui de curiosa que sou.

Enfield Grammar School

Palace Shopping Enfield Town

Essa área mais moderna do bairro onde se encontram o Palace Exchange e o Palace Gardens shopping centers foi inaugurada em 2006 pra atrair o público da região. No passado, muito perto daqui ficava o palácio onde Elizabeth I morou por um tempo enquanto ainda era princesa. Por isso, logo atrás da loja de departamentos antigamente tinha um rua que se chamava Palace Gardens, que é hoje o local onde se encontra o shopping center que levou esse nome por causa dessa história.

Os shoppings são conectados por corredores à céu-aberto o que é um ótimo fator pra um bom passeio em um ensolarado. Pena que dias como esse são poucos aqui na Inglaterra. Mas deixando de lado esse pequeno detalhe, aqui você encontra a maioria dessas grandes marcas que estão em todas as ruas comercias de Londres, como por exemplo: Boots, H&M, New Look, Pandora, Body Shop, Waterstones, entre outras.

Enfield Civic Centre

Depois de passear pelo shopping eu já estava bem cansada do tanto de lugar que conheci durante o dia mas eu ainda fiz questão de visitar um último antes de voltar pra casa, o Enfield Civic Centre. No caso seria como se fosse a prefeitura do bairro de Enfield. O prédio fica uns 5 minutos de caminhada do shopping center.

O Enfield Council é a autoridade local responsável por cobrar os impostos residenciais, as taxas comercias e processar o planejamento local. São responsáveis também pela habitação, serviços sociais, policiamento, coleta de lixo, cuidados com o meio ambiente, entre outras políticas locais.

Enfield Civic Centre

O Que Eu Achei Do Tour Em Enfield

Em primeiro lugar, eu fiquei impressionada com tanta coisa interessante que tem pra fazer em Enfield. Talvez por ser um pouco mais afastado do centro, a gente acaba se distraindo com o tanto de atividades e atrações que tem pra fazer pelos bairros mais centrais. E o que eu mais gostei foi que Enfield me apresentou justamente o oposto disso. Enfield é um bairro bem grande, cheio de verde, eu diria que em muitas áreas ele apresenta até um ar meio de cidadezinha do interior.

Esse tour que fiz em Enfield confesso que foi puxado demais, ao final do dia eu estava extremamente exausta. Mas eu realmente quis cobrir o máximo de pontos de interesse que eu conseguisse em um dia por causa da gravação do vlog para o YouTube. Então, eu sugiro que se você tiver interesse em explorar o bairro de Enfield, não faça tudo isso que eu fiz em um dia, pois vai ficar corrido e você não vai conseguir aproveitar muito.

Depois dessa visita, eu fiquei feliz de ter descoberto tanta coisa legal e pretendo voltar pra passar mais tempo conhecendo o bairro, e principalmente, levar a família e os amigos para esses cantinhos de Londres menos turísticos.

Agora quero saber o que você achou de Enfield? Você já conhecia ou é a primeira vez que vê esse tipo de informação sobre o bairro? Tem alguma coisa que você sabe e gostaria de compartilhar com a gente? Me deixa aí nos comentários que eu vou adorar saber!

Confira O Vlog De Enfield No YouTube

Veja todos os posts de Londres no Mais um Destino.

Vai passar mais do que um dia em Londres? Reserve seu hotel no booking.com usando o link do blog. Além de oferecer segurança e acomodações incríveis, você ainda me ajuda a manter o Mais um Destino no ar sem pagar nada por isso! Muito obrigada. 🙂

Curtiu? Compartilhe.

Deixe seu comentário