Antiga Cidade Imperial Do Vietnã
Ásia, Vietnã

O que fazer em Hue? Conhecendo a antiga Cidade Imperial e mais!

Estabelecida como a capital do Vietnã unificado em 1802, Hue não era apenas o centro político, mas também o centro cultural e religioso da dinastia Nguyen até 1945, quando o imperador Bao Dai abdicou em favor do governo revolucionário de Ho Chi Minh. Esse é um dos motivos que fazem essa cidade ser um dos principal destinos turísticos da região central do Vietnã.

Apesar da cidade ter sido bastante danificada durante a Guerra do Vietnã, hoje em dia a cidade oferece uma fusão do antigo com o novo em uma atmosfera muito agradável e pitoresca, com o belo rio Perfume atravessando cidade e grandes avenidas arborizadas.

Cidadela de Hue
Um dos portões de acesso à Cidadela de Hue.

Por ser uma cidade tão importante na história do Vietnã, eu com certeza não ia deixar de fora do roteiro do meu mochilão pelo país. Antes de chegar aqui eu estava em Hoi An, as duas cidades ficam relativamente próximas uma da outra. Eu peguei um ônibus pela manhã em Hoi An e em pouco menos de 3 horas chegamos em Hue.

A gente já tinha reservado o hotel com antecedência e a sorte foi que o ônibus de viagem parou não muito longe do local onde ficamos hospedados. Logo abaixo dou mais detalhes desse hotel. Mas antes, vamos falar um pouquinho mais do por que fiquei tão curiosa para conhecer Hue.

Nesse artigo você vai encontrar:
1. Sobre Hue
2. Pontos de interesse
3. Restaurante em Hue
4. Hospedagem em Hue
5. Informações Adicionais

1. Sobre Hue

Hue é uma cidade turística que se encontra na província de Thua Thien-Hue, região central do Vietnã. Localizada às margens do rio Perfume, Hue fica aproximadamente 650km de distância de Hanoi e 1100km de Ho Chi Minh.

Hue foi a capital do país por aproximadamente 150 anos durante o tempo feudal (1802-1945). Nessa época não era apenas o centro político, mas também cultural e religioso da Dinastia Nguyen, uma dinastia feudal que dominou grande parte do sul do país.

O Song Huong, ou também conhecido como Rio Perfume, é um dos cartões-postais da cidade. Esse rio tem mais de 80km de extensão, aqui em Hue ele divide a cidade ao meio. Ao norte do rio fica a cidade antiga e cidadela; e a parte mais nova com os restaurantes e hotéis na margem sul do rio. Se você está se perguntando sobre o por quê desse nome, dizem que o nome teria sido dado pelo fato que no outono as flores dos pomares caem na água dando ao rio um aroma perfumado.

Perfume River Hue
Rio Perfume, em Hue.

2. Pontos De Interesse

Complexo De Monumentos De Hue

O Complexo de Monumentos de Hue, alguns localizados no centro da cidade e outros um pouco mais distante, foi tombado como um patrimônio da UNESCO no ano de 1993. No site deles a gente encontra a seguinte descrição: “O Complexo de Monumentos de Hue é um exemplo notável do planejamento e construção de uma capital defendida completa em um período relativamente curto nos primeiros anos do século 19. A integridade do layout da cidade e o projeto de construção fazem dela um exemplar excepcional do planejamento urbano feudal tardio no leste da Ásia”.

Dentre todos os monumentos que compõem o complexo, a Cidadela de Hue (incluindo a Cidade Imperial, a Cidade Proibida Púrpura, o Canal Real, o Museu de Hue, a Universidade Nacional e o Lago Serene Heart) é considerado o principal como é também o que mais atrai turistas do mundo todo.

Quando foi construída por volta do ano de 1804, a cidadela seguia a filosofia oriental, respeitando as condições físicas do local. A cidadela é cercada por um fosso de 10 km, uma muralha de 2km e uma parede de tijolos espessa. O local servia como a principal residência da família real. Aqui também ficavam os escritórios de chefes do estado, de onde partiam as ordens de funções administrativas e militares do império.

A cidadela foi construída com 3 camadas de proteção. A camada mais externa para todos os plebeus. A segunda camada protegendo todos os edifícios mais importantes e onde cerimônias ocorriam. E a terceira e última, a Cidade Proibida Púrpura – a camada mais interna onde apenas a família imperial, as concubinas do imperador e os servos podiam entrar.

o que fazer em Hue
Thai Hoa Palace na cidadela de Hue, em um dia de muita chuva.

O Palácio Thai Hoa foi a nossa primeira parada nessa visita embaixo de chuva. Aliás, nosso e de praticamente todo mundo que estava visitando a cidade imperial esse dia. Pois estava caindo uma chuva que não acabava nunca mais. O Thai Hoa Palace também é conhecido como Palácio do Trono, ele é uma das construções mais famosas e bem preservadas dentro da cidadela.

O nome Thai Hoa do palácio tem um significado bem interessante. A palavra Thai significa grande, enquanto Hoa significa harmonioso – a harmonia de todas as coisas do mundo. Quando tudo está em harmonia, a vida floresce e se desenvolve. Dando este nome à construção, os reis da Dinastia Nguyen pareciam desejar construir uma dinastia forte e próspera e trazer uma vida feliz para todo o país.

O palácio era usado apenas duas vezes por mês e para as cerimônias mais importantes, como aniversários da família real, reuniões da corte real e para encontrar os enviados internacionais. O interior principal é o trono solene onde os imperadores se sentavam e recebiam as saudações ou ouviam os importantes relatórios dos mandarins da corte civil e militar.

Logo atrás do palácio Thai Hoa fica a Forbidden Purple City, um termo similar à Cidade Proibida de Pequim. De fato, essa cidade proibida foi inspirada na de Pequim. O acesso à essa área era restrito somente à membros família imperial, as concubinas do imperador e seus servos, geralmente os eunucos. Pessoas que invadissem o local eram condenados à morte. Infelizmente essa parte da cidadela foi quase totalmente destruída durante a Ofensiva do Tet de 1968, quando foi bombardeada pelos vietcongues e depois pelos americanos.

Enfim, a cidadela ocupa uma grande área com muito o que explorar. Talvez você, assim como eu, não consiga visitar tudo em um dia. Isso porque eu passei umas 4 horas caminhando pelos terrenos da cidadela. Mas o legal é não ter pressa e ir conhecendo o que dá, admirar a beleza do lugar e imaginar como era a vida aqui na época que as pessoas andavam por esses pátios e corredores.

Além da Cidadela de Hue, os outros monumentos que constituem o Complexo de Monumentos de Hue, que infelizmente eu não consegui visitar por conta da chuva, são: o Pagode de Thien Mu (um dos símbolos da cidade); o Templo das Letras e o Templo dos Militares; a Arena Real e o Templo Voi Re; a Tumba Duc Duc; a Esplanada Nam Giao; a Tumba Tu Duc; a Tumba Dong Khanh; o Templo Hon Chen; a Tumba Thieu Tri; a Tumba Khai Dinh; a Tumba Minh Mang; a Tumba Gia Long e o Forte Tran Hai. A maior parte das tumbas mais antigas se encontram em ruínas, porém as de Khai Dinh, Minh Mang e Tuc Duc ainda são estruturas grandiosas.

Ponte Truong Tien

Construída em 1897, a ponte Truong Tien (uma das pontes que conecta a região da antiga cidade imperial à região mais nova onde ficava o quarteirão francês) foi projetada por ninguém mais ninguém menos que o arquiteto Gustave Eiffel. Sim, aquele mesmo da Torre Eiffel. Na época, o Vietnã fazia parte da Indochina Francesa, que incluía o Laos e o Camboja.

Apesar de ser chamada de vários nomes, o nome Truong Tien (pela ponte ter sido construída perto de um canteiro de obras de moldagem de moedas, referido como Truong Tien e da rua Truong Tien fundada pelo imperador Thanh Thai em 1899) ainda é o nome mais usado pelos moradores. A ponte Truong Tien é inspiração para uma variedade de canções folclóricas e poemas sobre Hue. Por esse motivo é um dos símbolos da cidade de Hue.

Dado que essa é uma ponte tanto para veículos quanto para pedestres, eu passei por ela algumas vezes. De manhã, quando fui visitar a cidade imperial. E à noite, quando fui passear no mercado noturno às margens do rio Perfume e a ponte estava com uma iluminação toda colorida. Confesso que fiquei impressionada, pois a ponte e o cenário onde ela se encontra, é uma bela obra de arte.

Mercado Noturno De Hue

Se durante o dia a principal atividade é conhecer as construções históricas de Hue, a noite fica por conta de comer comida de rua e fazer compras nos mercados noturnos.

Em Hue, um dos lugares que eu fui todas as noite foi o Hue Night Market. Essa feirinha noturna funciona das 5pm às 11pm. Localizada nas margens do rio Perfume, é uma das principais atrações noturnas da cidade, onde moradores e turistas vão para passear, aproveitar a noite, comer nas diversas barraquinhas de comida de rua, comprar artesanato e lembrancinhas.

Eu completei o passeio com uma caminhada até o restaurante flutuante Song Huong, que chama muita atenção por sua iluminação e seu formato em flor de lótus. Vale a pena ir dar uma conferida nessa região à noite. É um local que eu me senti segura pois tem muita gente e principalmente famílias passeando.

3. Restaurante Em Hue

Risotto Restaurant

Tem um restaurante que eu faço muita questão de recomendar. Eu não vou mentir pra vocês: jantei lá todos os dias! Não bastasse teve alguns dias que almocei também. E olha que não ficava perto do meu hotel mas eu fazia questão de andar até lá. O restaurante se chama Risotto Restaurant fica na rua Nguyen Cong Tru.

O lugar é bem pequenininho e como o próprio nome já indica a comida vendida aqui é italiana, mas é muito boa e como eu já estava há alguns dias só comendo comida vietnamita quis variar um pouquinho. O preço também é ótimo. Mas o que ficou marcado mesmo foi o atendimento.

Os donos, se não me engano uma vietnamita casada com um italiano, trabalham lá todos os dias. Sabe quando você chega no restaurante e eles te reconhecem, reservam sua mesa favorita e lembram dos pratos e bebidas que você pediu na noite anterior? Simplesmente um dos melhores atendimentos ao cliente que eu já vi na vida. Fiz questão de deixar uma ótima avaliação pra eles no site da Trip Advisor.

Restaurante Risotto em Hue
Vista da “nossa mesa” no restaurante Risotto.

4. Hospedagem Em Hue

Jade Hotel

Fiquei hospedada no Jade Hotel em uma das principais avenidas da cidade, Hung Vuong. O hotel é bem aconchegante, confortável, limpinho, o café da manhã tem o básico, os funcionários são simpáticos mas é tudo bem simples mesmo.

Pra mim o melhor dele é a localização, fica em uma avenida bem movimentada com opções de barzinhos e restaurantes. Sem contar que dá pra ir andando até a feirinha noturna e a Cidade Imperial. Inclusive, a tour que fiz para a caverna Phong Nha foi comprada aqui e também não tenho o que reclamar da tour.

Esse hotel é pra você que está procurando socializar e conhecer outros mochileiros? Não. Pois esse hotel é mais quieto e mais família. Eu acho uma ótima opção pra você que esta viajando de casal, em família ou mesmo viajando sozinho, mas está procurando ter uma noite sossegada e tranquila.

Depois de uma certa hora no final da noite eles trancam a recepção e fica um pouquinho mais difícil você sair ou entrar do hotel. Engraçado é que um deles coloca um colchão no chão da recepção e dorme ali mesmo. Então caso alguém chegue tarde, ou caso tenha que sair cedo pela manhã, sempre tem alguém ali pra atender os hóspedes. Enfim, gostei bastante, do hotel, limpinho, barato, bom atendimento e bom preço.

5. Informações Adicionais

Outra coisa que fiz enquanto estive em Hue, foi um passeio de um dia para a Caverna Phong Nha. Eu super indico, pois foi um dos lugares mais lindos que conheci no Vietnã. Em breve farei um post explicando todos os detalhes sobre esse passeio. Mas antes desse post ficar pronto, já vou dizer que um dia em Phong Nha foi pouco, da próxima vez vou me programar pra ficar pelos menos uns 3 dias.

Foi isso gente. Gostei bastante de ter conhecido Hue mas infelizmente não deu pra visitar muita coisa. Porque passei 3 dias aqui e todos os dias choveu muito. Quando vi que o tempo não ia melhorar decidi conhecer a cidade imperial mesmo debaixo de chuva pra não ir embora sem conhecer nada. Enfim, não deu pra explorar tudo do jeito que eu queria, mas com certeza quero muito poder voltar e conhecer mais dessa cidade! E aí, você já foi pra Hue? Tem alguma dica imperdível da cidade pra deixar aqui pra gente?

Hue embaixo de chuva
Com a gente não tem tempo ruim. Mesmo com o tempo ruim!

Veja todos os posts do Vietnã no Mais Um Destino.

Vai passar mais do que um dia em Hue? Reserve seu hotel no booking.com usando o link do blog. Além de oferecer segurança e acomodações incríveis, você ainda me ajuda a manter o Mais Um Destino no ar sem pagar nada por isso! Muito obrigada. 🙂

Curtiu? Compartilhe.

5 comentários em “198 BOOKS”

  1. Hue no Vietnã com certeza é muito especial e também com certeza é uma experiência incrível conhecê-la Sempre parabéns Nádia pelas suas viagens.

    1. Hue é uma cidade cheia de história e beleza. Vale a pena incluir no roteiro para tornar a viagem ao Vietnã ainda mais fascinante. Obrigada pelo comentário.

  2. E bacana tambem fotos com climas diferentes, nao precisa ter so ceu azul, sol para ser bonito, as fotos estao lindas, ate mesmo tendo chuva. Beijos.

Deixe seu comentário