Blue Lagoon Comino
Europa, Malta

Comino, uma pequena e paradisíaca ilha em Malta

A ilha de Comino é uma das 3 principais ilhas do arquipélago de Malta. Ela fica entre a ilha de Malta e a ilha de Gozo. Apesar de ser uma ilha pequenininha, na verdade isso é o de menos. Pois o que ela tem de pequena ela tem de paradisíaca.

Esse foi o lugar que eu escolhi passar o meu aniversário em 2016. Eu vou dizer que eu não poderia ter escolhido um lugar mais especial que esse, a beleza desse lugar é surreal. Eu não conseguia acreditar o quão cristalina e azul é a água dessa ilha.

Blue Lagoon Comino
Blue Lagoon Bay na ilha de Comino, em Malta.

Você vai encontrar nesse post:
Sobre Comino
Como cheguei em Comino
Pontos de interesse
Sobre a tour

Sobre Comino

Comino é uma pequena ilha turística do arquipélago de Malta no Mar Mediterrâneo, mais ou menos uns 80km ao sul da Itália. Ela é a terceira maior ilha do arquipélago com aproximadamente 3.5km² de área, ou seja, em meia hora dá para atravessar a ilha toda a pé.

Apesar de pequena, a ilha de Comino teve um papel importante na história. Por exemplo, ela já foi habitada por camponeses na era romana, por piratas e saqueadores na Idade Média, foi onde se exilou o profeta judeu cabalista Abraham Abulafia e também já foi área de recreação e caça dos Cavaleiros de Malta.

Os edifícios existentes na ilha já serviram de prisão para cavaleiros desonestos e já serviram também de hospital de isolamento durante a ocupação francesa, quando a cólera e a peste ainda eram altamente letais. Muita história pra um lugar tão pequeno, não falei?!

Eu acho bonitinho o nome dela em maltês, Kemmuna. Uma curiosidade interessante que eu descobri é que esse nome foi dado por causa das sementes de cominho, que eram muito comuns nas ilhas maltesas.

Blue Lagoon Comino
A paradisíaca ilha de Comino, em Malta.

No geral, a ilha é um deserto rochoso com penhascos em toda sua volta e possui um aspecto bem selvagem com plantas silvestres por toda parte. Por causa disso, a ilha se tornou um importante local para reprodução de pássaros frequentemente abrigando grandes colônias de aves marinha. Por esse motivo a ilha se tornou uma reserva natural protegida pela BirdLife International.

Ainda tem mais. Essas falésias costeiras – tanto da ilha de Comino como também nas ilhas de Cominotto, Malta, Gozo e Filfla – fazem parte da Lista Indicativa a Patrimônio Mundial da UNESCO por causa da sua importância geológica e por exercer um papel significativo de “refúgio para muitas espécies ameaçadas da flora e da fauna maltesas, incluindo muitas espécies endêmicas.”

Apesar do grande fluxo de turistas, a maioria visitam essa ilha somente pra passar algumas horas do dia. Mas pelo que eu vi, parece que tem uma ou outra acomodação na ilha, principalmente pra quem gosta de acampar. Algo bem roots mesmo porque a ilha não tem praticamente estrutura nenhuma.

Por falar em estrutura, pra vocês terem uma noção, de acordo com o último censo de 2020, a ilha tem somente 2 moradores. Um deles é um padre o outro é um policial. Dá para contar nos dedos os edifícios nessa ilha, pelo que eu pesquisei tem somente um hospital abandonado, uma torre de observação, um pequeno forte em ruínas e uma capela e um posto policial.

Comino Island
Ilha de Comino em Malta, vista do barco.

Como Eu Cheguei Em Comino

A ilha de Malta é a principal ilha do arquipélago, onde fica o aeroporto principal, a capital e também os lugares mais interessantes para se visitar no país. Porém, as outras duas ilhas menores, Gozo e Comino, são uma ótima opção de passeio de um dia pra quem estiver afim de conhecer mais lugares no país.

Eu tinha pesquisado um pouco antes da viagem e tinha visto que essas duas ilhas tinham lugares muito interessantes pra conhecer. Em primeiro lugar fiquei com vontade de ver a Azure Window na ilha de Gozo, mas essa parte do passeio eu vou deixar para contar em um outro post. Em segundo lugar, eu vi que a ilha de Comino tinha uma praia chamada Blue Lagoon Bay, uma praia paradisíaca de água cristalina, então eu fazia muita questão de conhecer essa ilha também.

Por esses motivos, o passeio de um dia por essas ilhas me pareceu ser uma opção excelente pra comemorar o dia do meu aniversário nesses lugares tão especiais. Assim eu fiz, depois de pesquisar várias opções de passeios de várias empresas diferentes, eu reservei a tour de um dia com a empresa de passeios turísticos Captain Morgan Cruises.

Captain Morgan Cruises Malta
À bordo do catamarã em Sliema, Malta antes de começar o passeio para as ilhas de Gozo e Comino.

Pra quem quiser conferir o site da empresa e mais detalhes dessa tour que eu fiz, inclusive o preço, é só clicar aqui. Lembrando que eu não estou sendo paga por essa empresa pra mencionar eles aqui no blog. Eu mesma paguei pela minha tour e se eu estou recomendando é porque fiquei satisfeita com o serviço deles.

O passeio começou logo pela manhã quando a gente pegou um catamarã em Sliema na ilha de Malta para a ilha de Gozo. Lá nós passamos boa parte da manhã viajando de ônibus pela ilha, conhecendo vários pontos de interesse. Foi na ilha de Gozo também que depois tivemos uma parada para o almoço e em seguida visitamos alguns outros lugares no início da tarde.

Em seguida, por volta das 2:45pm embarcamos novamente no catamarã em Gozo para atravessar até a ilha de Comino. Essa travessia durou somente alguns minutinhos, quando vi já estávamos nos aproximando das águas cristalinas da Blue Lagoon Bay em Comino. Que emoção gente, sério, eu não esperava que essa ilha fosse superar todas as minhas expectativas.

Pontos De Interesse

Como eu já mencionei nesse post, a ilha de Comino é uma ilha bem turística. O que significa que geralmente a ilha fica lotada durante os meses de alta temporada que vai de julho à setembro. Eu visitei a ilha no mês de maio, apesar de ser primavera, o clima estava bem quente mas em compensação a água estava bem gelada!

Eu estou dizendo isso porque a primeira coisa que notei enquanto o barco ia se aproximando da ilha, além da maravilhosa cor azul turquesa da água, foi na quantidade de barcos atracados e na quantidade de pessoas na ilha. Eu fiquei pensando, se em maio que ainda nem é alta temporada já estava lotado, imagina então na alta temporada?

Mas enfim, pelo menos foi a impressão que eu tive logo quando atracamos no píer da Blue Lagoon. Eu não caminhei até o outro lado da ilha pra ver se tinha muita gente lá também. Pra quem gosta de caminhada é uma opção de atividade pra fazer, pois a ilha deve ser linda vista de outros ângulos também. Mas o meu negócio é praia!

Fomos avisados pelos organizadores da tour que teríamos por volta de uma hora e meia pra ficar na ilha. Parece bastante tempo mas passou voando. Chegamos na ilha por volta das 3 da tarde e teríamos que estar de volta no catamarã no máximo até 4:45pm pois o barco estava marcado para sair às 5pm de volta para Malta.

Blue Lagoon Bay

Ao sairmos do barco subimos as escadinhas logo em frente ao píer e caminhamos um pouco morro acima. Nossa ideia era procurar uma faixa de areia pra poder curtir a tarde de sol e também entrar na água. Falando em água, se a água desse mar já impressionou vista de dentro do barco, vista de cima dos penhascos então é que eu tive uma noção de tanto que ela é azul e cristalina. Faz jus à sua fama!

Entre a ilha de Comino e a ilha de Cominotto (que é essa menorzinha que dá para ver nessa foto abaixo) se formou essa lagoa de água azul cristalina, conhecida como Blue Lagoon. Mas em maltês ela se chama Bejn il-Kmiemen, ou seja, a tradução seria algo como “Entre as Cominos.”

Blue Lagoon Bay
Blue Lagoon Bay na ilha de Comino, em Malta.

Obviamente essa é a parte mais famosa da ilha então é onde os turistas se concentram também. Continuamos a caminhada seguindo o fluxo de pessoas e procurando pela praia. O pessoal estendia a canga para poder sentar no chão cheio de pedregulhos em cima dos penhascos e curtir o sol escaldante que estava fazendo. A verdade é que não tem praia suficiente pra todo mundo pois a ilha é muito mais penhascos do que praia. Então cada um se ajeitou do jeito que dava.

Uns 5 minutinhos de caminhada depois, notei que tinham um ou dois quiosques vendendo bebidas, salgadinhos e sorvetes. Em frente à de um desses quiosques tinha uma mini-praia, com algumas cadeiras de sol em volta. O local estava lotado de gente, mas mesmo assim procuramos algumas cadeiras livres pra gente se sentar e curtir um pouco o dia lindo que estava fazendo.

Mini-Praia Blue Lagoon
Encontramos uma mini-praia pra entrar na água, na ilha de Comino em Malta.

Vocês acham que eu entrei na água? Lógico que entrei! Eu nunca perco uma oportunidade. Mas vou ser sincera, o mar estava tão gelado quanto o mar da Inglaterra. A água estava fria igual uma água de geladeira. Digamos, parecia gelo derretido. Acho que deu para vocês terem uma noção, né? Mas mesmo assim eu entrei, só até o joelho mas entrei. Olha que sou corajosa, mas estava simplesmente fora de cogitação entrar de cabeça e tudo.

Ah, esqueci de dizer que conseguimos achar duas cadeiras de sol livres no meio dessa multidão de gente, sorte de aniversariante! Ficamos ali curtindo um pouco esse paraíso por alguns minutos. Além da cor do mar ser surreal de linda, a vista também tem seu mérito. Logo em frente da Blue Lagoon Bay fica a pequena ilha de Cominotto, essa da foto aí de baixo que tem uma abertura entre as rochas. Coisa linda de se ver.

Blue Lagoon Area 2

Aproveitamos bastante a mini-praia ali da Blue Lagoon, apesar do tanto de turistas que tinham em volta. Na minha opinião, o lugar é tão lindo que eu nem me incomodei com a quantidade de turistas. Mas enfim, decidimos caminhar um pouco pela ilha para conhecer outros lugares antes de voltar para o barco.

Subimos morro acima e voltamos sentido ao barco mas agora indo para o lado oposto da costa. Coisa de 10 minutinhos de caminhada chegamos em uma parte dos penhascos com uma vista panorâmica maravilhosa para uma pequena baía, chamada Blue Lagoon Area 2.

Essa é uma pequena baía também de água super cristalina. O que mais me chamou atenção aqui foi que do topo do penhasco eu pude notar os corais nessa parte da ilha, de tão transparente que a água é. Por isso mesmo, tinham algumas lanchas menores ancoradas nessa parte da ilha e notei também que tinham algumas pessoas praticando snorkeling.

Blue Lagoon Bay Area 2
Blue Lagoon Area 2 na ilha de Comino, em Malta.

Sobre A Tour

Tanto a ilha de Gozo quanto a ilha de Comino são lugares super interessantes e cheios de coisas pra ver/fazer. Então um passeio de um dia, como esse que eu fiz, não vai deixar você um expert nas duas ilhas. Mas o bacana é que você vai ter uma noção dos principais pontos turísticos nelas.

Pra quem tiver mais tempo, várias empresas de turismo em Malta alegam que um dia para ver essas duas ilhas é pouco. Bom, para mim foi suficiente. Lógico que eu adoraria ter explorado muito mais das duas, porém essa tour matou minha curiosidade. Também me possibilitou conhecer os lugares que eu mais queria, que era a Azure Window (R.I.P.) e a Blue Lagoon. Além disso, eu tive um dia de aniversário maravilhoso e super especial.

Amei conhecer Malta e principalmente amei ter feito esse investimento e ter conhecido além da ilha principal. Com certeza pretendo voltar para Malta muito em breve. Pra mim, Malta é um país maravilhoso, com um povo acolhedor, uma história incrível e uma natureza exuberante. Tudo isso aqui pertinho da gente que mora aqui na Europa e por um preço bem acessível!

Nahdika e Junior em Comino
Eu e o Júnior curtindo a vista da ilha de Comino, em Malta. (detalhe: essa foto está sem edição/filtro)

Veja todos os posts de Malta no Mais Um Destino.

Vai passar mais do que um dia em Malta? Reserve seu hotel no booking.com usando o link do blog. Além de oferecer segurança e acomodações incríveis, você ainda me ajuda a manter o Mais Um Destino no ar sem pagar nada por isso! Muito obrigada. 🙂

Curtiu? Compartilhe.

2 comentários em “Comino, uma pequena e paradisíaca ilha em Malta”

  1. Essas ilhas em Malta são realmente um espetáculo 👍. Vale muito mesmo conhecer mais um destino encantador como esses❤️!!

    1. Eu concordo, essas ilhas são lindas demais. Malta foi um país que me surpreendeu muito e que tem muito a oferecer para os turistas por um preço bem acessível. 😉👍

Deixe seu comentário