Praça Marienplatz, Munique
Alemanha, Europa

Munique, roteiro de 1 dia na capital da Bavaria na Alemanha

Foi aqui que tudo começou! Essa foi a primeira viagem internacional que fiz depois de ter me mudado para Londres em 2009. A Juliana, uma brasileira que dividia casa comigo em Londres na época, estava organizando uma viagem de última hora pra Munique. Eu não pensei nem duas vezes quando ela me fez o convite, eu adoro aventuras!

O motivo principal dessa viagem era conhecer a Oktoberfest, o maior festival de cerveja do mundo que acontece todos os anos em Munique. Tem um post completo aqui no blog contando toda minha experiência na Oktoberfest. Se você quiser saber mais detalhes, clique aqui.

Prédios históricos em Munique na Alemanha
Munique, Alemanha.

Você vai encontrar nesse post:
Sobre Munique
Pontos de interesse
Restaurante em Munique
Hospedagem em Munique
Últimos momentos na cidade

Sobre Munique

Munique, a capital do estado da Bavaria, fica localizada no sul da Alemanha. Sua população é de aproximadamente 1 milhão e meio de habitantes, sendo assim a terceira maior cidade do país atrás somente de Berlim e Hamburgo.

Além da Oktoberfest que acontece aqui anualmente, Munique também é famosa por sua bela arquitetura e sua cultura sofisticada. Mesmo após ter a maioria das suas construções históricas destruídas durante a 2ª Guerra Mundial, parte dessas construções foram restauradas recentemente. Hoje em dia a cidade se assemelha muito com o que parecia no final do século 19.

Outra curiosidade é que Munique é a cidade mais próspera da Alemanha. Por muitas vezes já esteve na lista das melhores cidades do mundo no quesito qualidade de vida. A cidade limpa e muito bem organizada, as pessoas são simpáticas e prestativas.

Ficamos um total de 3 dias em Munique. Dois desses dias foram curtindo a Oktoberfest, o outro dia que tivemos livre fomos conhecer alguns pontos turísticos da cidade. Eu me apaixonei por Munique pois é uma cidade moderna, muito estilosa e bem descontraída. Pena que só tive um dia para conhecer a cidade, não deu pra ver muita coisa. Por isso quero muito poder voltar.

Confira abaixo alguns dos pontos de interesse que visitei em 24 horas em Munique. Lembrando que eu e meus amigos fizemos os pontos do centro da cidade a pé e os fomos de metrô ate os pontos mais afastados do centro.

Pontos De Interesse Em Munique

Praça Karlsplatz (Stachus)

É uma grande praça no centro de Munique, ótimo lugar pra começar o passeio por ser um local de fácil acesso utilizando o transporte público. Aqui nessa praça se encontram alguns dos edifícios mais importantes da cidade. O maior e mais imponente deles é o Justizpalast, que é o Palácio da Justiça. Ele foi construído entre os anos de 1890-1897 a fachada do edifício esta super bem preservada.

Do outro lado da praça fica o Portão Karlstor, construído no estilo gótico entre 1899-1902, no mesmo local onde ficava o portão na era medieval. Esse portão na era medieval funcionava como um posto de controle para quem queria acessar a cidade muralhada de Munique.

Logo em frente ao portão, durante os meses de verão têm uma linda fonte no meio da praça, a Stachus Brunnen. Durante os meses de inverno uma grande pista de gelo é instalada pra diversão da galera.

Outro ponto de interesse é a loja de departamentos Galeria Kaufhof, que foi a primeira loja de departamentos construída na Munique pós-guerra. Pra quem gosta de fazer compras esse é um lugar bem bacana porque é enorme, tem vários andares.

Neuhauser Strasse E Kaufinger Strasse

Passando pelo portão Karlstor chegamos à uma das mais importantes áreas de comércio da cidade localizado nas ruas Neuhauser Strasse e Kaufinger Strasse. Essa é uma área comercial para pedestres aonde os carros não circulam, ela vai desde a praça Karlsplatz (Stachus) até a Marienplatz. A rua Kaufinger é uma das ruas mais antigas de Munique e faz parte do centro histórico da cidade.

Além de algumas lojas de departamentos, nessas ruas se encontram algumas lojas de marcas internacionais, outras menos famosas, além de inúmeros restaurantes e cafés que geralmente estão lotado de turistas. Aproveitamos para dar uma olhada nas lojas, comprar souvenir, curtir a atmosfera e observar a arquitetura dessa região que é simplesmente encantadora.

Neuhauser Strasse, área de compras em Munique
Rua Neuhauser Strasse, uma rua comercial no centro de Munique.

Praça Marienplatz

A rua Kaufinger termina, ou começa na Marienplatz, a praça central de Munique. Essa praça é um dos cartões postais da cidade. Ela fica no coração da Altstadt, que é a região da Old Town de Munique. Aqui é um ótimo ponto de partida para conhecer a cidade e também é onde se encontram os grupos com guias turísticos.

Um fato curioso é que antigamente essa praça tinha um outro nome, ela se chamava Schrannen. Mas o nome foi mudado para St Mary’s Square como uma forma de pedido para que a Virgem Maria protegesse a cidade de uma epidemia de cólera.

No meio da praça se encontra a coluna Mariensaule com a Virgem Maria no topo, considerada a padroeira da Bavaria. Essa coluna foi erguida em 1638 para celebrar o fim da ocupação Sueca durante a Guerra dos 30 Anos.

Aqui nessa praça também se encontram os edifícios da nova prefeitura, Neues Rathaus – que foi inspirado na prefeitura de Bruxelas – e da antiga prefeitura, a Altes Rathaus. A torre da nova prefeitura mede 85 metros de altura e tem um relógio mecânico, o Rathaus-Glockenspiel que possui 43 sinos que tocam várias vezes ao dia. Um espetáculo à parte que você não pode deixar de ver.

BMW Welt

Munique é um centro global de pesquisa e engenharia, por isso além de vários museus super interessantes, a cidade também abriga museus que apresentam exposições relacionadas à ciência e tecnologia.

Foi quando então pegamos o metro pra ir dar uma conferida na sede da BMW, que fica logo na entrada do Parque Olímpico. Aqui se encontram o Museu da BMW e o BMW Welt, um centro de exibições e showroom dos modelos atuais da marca, assim como outras marcas que também fazem parte do grupo BMW, como por exemplo a Mini e a Rolls-Royce. A arquitetura do lugar é impressionante, toda futurística.

Olympiapark – Parque Olímpico De Munique

Ao lado do BMW Welt fica uma das entradas do parque olímpico de Munique. Resolvemos dar um volta por algumas das instalações pra conhecer o local que foi a sede dos Jogos Olímpicos de 1972. O Olympic Stadium foi a casa do Bayern de Munique até o ano de 2005, quando eles se mudaram para o estadio do Allianz Arena.

Passamos também pelo lado de fora Olympiahalle, que estava fechado. Aqui era o local das competições de ginastica e handball. Hoje em dia esse espaço é utilizado para realização de grandes eventos culturais, sociais e religiosos com capacidade para até 15.500 pessoas.

Estádio Allianz Arena

Do parque olímpico pegamos o metrô e descemos em Fröttmaning para incluir no nosso roteiro o estádio de futebol Allianz Arena. Construído no ano de 2005, o estádio é a casa do Bayern de Munique e o primeiro do mundo que o exterior muda completamente de cor.

Moderno, icônico e não só para quem ama futebol. A arquitetura chama atenção do lado de fora. Acredito que deve ser bem interessante poder visitar por dentro também, eles oferecem passeio guiados quase todos os dias do ano.

Estádio de futebol Allianz Arena, Munique
Estádio de futebol Allianz Arena em Munique, na Alemanha.

Restaurante Em Munique

Hofbräuhaus am Platzl

Pra fechar nossa viagem em grande estilo, a nossa última parada foi na cervejaria Hofbräuhaus am Platzl, que não é um simples restaurante mas sim um dos restaurantes mais antigos e mais históricos de Munique.

Essa cervejaria foi fundada originalmente em 1589 pelo duque da Bavaria Maximilian I, tendo sido aberto ao público pela primeira vez em 1828. Porém, a maior parte do prédio foi destruída durante a Segunda Guerra Mundial, então o que vemos hoje é um restaurante que depois de muitas restaurações foi reaberto em 1958.

A comida servida aqui é bem tradicional e muito saborosa. A cerveja é servida nas “pequenas” canecas de 1 litro. Tem também uma bandinha super animada tocando músicas alemãs e na noite que jantamos lá estava até rolando uma apresentação de dança típica.

Vale muito a pena visitar esse restaurante, especialmente se você estiver em Munique fora da época da Oktoberfest. Pois dá pra ter uma noção de como é a atmosfera da Oktoberfest, das comidas típicas alemãs que são servidas e das músicas tradicionais que são tocadas nas festas. Informações sobre o cardápio, valores e reservas você encontra no site oficial (em inglês).

Hospedagem Em Munique

Como essa viagem foi decidida de última hora, ou seja, uma semana antes da Oktoberfest, todas as acomodações da cidade já estavam esgotadas. O que é de se esperar, pois esse é o maior festival de cerveja do mundo. Ele dura um pouco mais de 2 semanas e nesse tempo, mais de 6 milhões de pessoas visitam a cidade de Munique.

Não era eu que estava organizando essa viagem, era a minha amiga Juliana, uma brasileira que dividia casa comigo em Londres. Eu tinha acabado de chegar, nunca tinha planejado nenhuma viagem. A Jú já estava morando em Londres há 3 anos. Ela foi bem clara com a gente, informou que todas as acomodações estavam esgotadas, mas que ela tinha conseguido duas barracas em um camping afastado da cidade. Ou era isso ou nada.

Claro que todo mundo topou numa boa. Ninguém estava preocupado com luxo, a gente só pensava na cerveja e na festa. Quando chegamos no acampamento e vimos que era tudo bem organizadinho, ficamos mais tranquilo.

O camping tinha sido instalado em um campo de futebol. Tinha uma área reservada para as barracas, uma área para os trailers, uma área onde ficavam os banheiros e chuveiros que tinham sido instalados dentro de containers e um salão onde era servido o cafe da manha.

Mas foi quando a noite chegou que vimos o quão ferrados estávamos. Pois era setembro na Alemanha, durante o dia fazia uma temperatura agradável. Mas de noite a temperatura caia muito. A própria barraca que estávamos, tinha sido coberta por geada!

Nos dividimos em 4 pessoas por barraca. Eu dormi dentro de um saco de dormir que eu levei, de uma marca bem simples. Pra ajudar aguentar o frio, eu colocava todas as minhas roupas e meias. Mas nem assim!

Vou te contar, que essa foi a primeira vez que eu dormi em barraca. Provavelmente será a última vez também. Pois eu nunca passei tanto, mas tanto frio na minha vida. Eu fiz um vídeo no meu canal do YouTube contando todos os detalhes desse perrengue. Se você quiser assistir é só clicar aqui.

Camping em Munique, Oktoberfest
Passamos algumas noites nesse camping em uma cidade próxima à Munique, na Alemanha.

Últimos Momentos Em Munique

Como eu já disse antes, na minha opinião os alemães são muito educados, simpáticos e prestativos. A prova disso é o senhor de gravata azul da foto abaixo. Estávamos indo pro aeroporto mas ficamos perdidos na estação central de trem Munchen Hauptbahnhof, com tantos nomes impronunciáveis e parecidos.

Eis que esse senhor da foto aí embaixo, vendo nosso desespero, veio nos ajudar. O mais interessante é que ele não falava uma palavra de inglês. Lógico que a gente também não falava nada em alemão. Mesmo assim, ele fez questão de nos atravessar pela estação toda pra nos levar até a plataforma certa. Ele esperou que nós passássemos pela catraca e ainda deu tchauzinho antes de entrarmos dentro do trem.

Lembro que ficamos meio na dúvida em oferecer dinheiro ou não pela ajuda. Decidimos oferecer, como um gesto de gratidão, mas mesmo assim ele não aceitou.

Mesmo depois de tanto perrengue, foi aqui que essa nossa aventura doida-corrida-alcoólica-desorganizada acabou com muito sucesso. Voltamos com as bagagens cheias de boas memórias, alguns canecos gigantes de cerveja e a vontade de um dia poder voltar!

Estação de trem em Munique
Esse senhor alemão nos ajudou a encontrar a plataforma correta na estação central de Munique.

Veja todos os posts da Alemanha no Mais um Destino.

Vai passar mais do que um dia em Munique? Reserve seu hotel no booking.com usando o link do blog. Além de oferecer segurança e acomodações incríveis, você ainda me ajuda a manter o Mais um Destino no ar sem pagar nada por isso! Muito obrigada. 🙂

Curtiu? Compartilhe.

6 comentários em “Munique, roteiro de 1 dia na capital da Bavaria na Alemanha”

  1. Bom saber Nádia que Munique na Alemanha, além de oferecer essa festa maravilhosa Oktoberfest, têm muitos pontos turísticos super interessantes pra se conhecer e pessoas educadas atenciosas e também.

  2. E você nessa viagem por Munique ainda muito jovem e já aproveitando ao máximo as oportunidades. Bom demais.

  3. Os passeios valem a pena pelos lugares e tambem quando encontramos boas pessoas. Isto faz gostarmos ainda mais do lugar. Beijos

Deixe seu comentário