Oktoberfest, barris de cerveja
Alemanha, Europa

Oktoberfest, o maior festival de cerveja do mundo

Eu tinha acabado de me mudar pra Londres. Mal tinha arranjado um trabalho pra pagar minhas contas e comprar comida quando a Juliana, uma brasileira que morava na mesma casa que eu na época, me chamou pra ir pra Oktoberfest. O maior festival de cerveja do mundo. E eu adoro cerveja. Então não pensei nem duas vezes e já fui logo aceitando o convite logo de cara.

Entrada da Oktoberferst em Munique
Oktoberfest, Munique.

A Oktoberfest Em Munique

A primeira coisa que pensamos quando falamos em Oktoberfest é cerveja. Apesar de ser conhecido como um dos maiores festivais de cerveja do mundo, essa festa teve início por outro motivo. Tudo começou no casamento do então príncipe da Bavaria, Ludwig, com sua esposa Teresa de Saxe-Hildburghausen em 1810.

A festa começou com a celebração desse casamento e desde então acontece todos os anos em Munique há mais de 200 anos! Apesar do nome fazer referência ao mês de Outubro, a festa tradicionalmente começa na terceira semana de Setembro e acaba no primeiro domingo de Outubro.

A Oktoberfest é uma enorme feira à céu aberto com barraquinhas de comida, parque de diversões e um tanto de outras atrações. As mais famosas são as casas das cervejas, que são galpões fechados onde rola muita música, comida e diversão.

O evento é uma experiência única, que vale muito a pena conhecer. Os alemães são muito animados e receptivos, vão todos vestidos em suas roupas típicas e até não se importam de tirar fotos com turistas.

Importante Saber Antes De Ir

Como nós fomos de última hora e não tinhamos planejado nada com antecedência, tivemos algumas dificuldades para entrar nas famosas casas de cerveja.

Para entrar você precisa ter comprado o ticket e reservado uma mesa por um certo período de tempo. Só assim, você pode se sentar, comer e beber enquanto assiste os shows e aproveita a festa. Porém, você só consegue beber e comer se estiver sentado na mesa, uma vez que não tem bar pra você fazer o pedido, e só quem tira o pedido é a garçonete.

Nós não sabíamos nada desses tickets, que na verdade chegam a esgotar muito antes do festival começar. Tivemos que ficar do lado de fora, espremidos no meio da muvuca em frente aos portões, que eram abertos de tempo em tempo pra deixar um pouco da multidão entrar, esse foi o primeiro desafio.

O segundo desafio foi achar uma mesa vazia, pois todas as mesas estavam reservadas durante o dia todo. Então o negócio é ter paciência, ficar de olho quando uma família estiver pra sair e correr pros bancos, literalmente fazer a dança da cadeira! Daí você pode aproveitar enquanto a galera da outra reserva não chega. Nem adianta torcer pra que eles não venham pois eles sempre vem.

Geralmente as mesas do lado de fora das casas não são reservadas. O lado bom é que dá pra sentar, beber e comer sem pressa. O lado ruim, é que você acaba perdendo os shows que acontecem do lado de dentro, assim como a grande festa, o fervo, que é ver os alemães brindando, cantando, dançando e subindo nas mesas.

Mas como as mesas são grandes e comunitárias, você acaba conhecendo muita gente, e todo mundo tá em clima de festa, paz e claro: bebedeira! Passamos dois dias curtindo a festa e tivemos muita sorte, pois conhecemos pessoas incríveis, bebemos litros e litros de cervejas locais e nos divertimos muito.

Aquilo Que Ninguém Te Avisa Antes

Se você estiver pensando em conhecer a Oktoberfest, tenho duas dicas que pode ser que vão te ajudar. Em primeiro lugar, pesquise a acomodação com bastante antecedência, pois a maioria dos hotéis na cidade ficam com as vagas esgotadas (e você não correrá o risco de ter que acampar em temperaturas baixíssimas a ponto de quase congelar assim como eu, um dia eu conto essa furada aqui pra vocês).

Em segundo lugar, considere comprar o ticket e reservar uma mesa dentro de pelo menos uma das casas de cerveja, especialmente se estiver indo no final de semana. Li em alguns sites de viagens que durante a semana é mais fácil de encontrar lugares nas mesas.

Por ter sido minha viagem internacional desde que saí de casa e me mudei pra Londres eu acredito que foi uma viagem muito especial e que marcou bastante. Pois começar logo com um festival tão famoso e importante foi uma iniciação e tanto.

Sem contar que eu adoro cerveja, então realmente estava no lugar certo. Apesar da minha primeira impressão ter sido de que a Oktoberfest é uma festa alemã para alemães, eu com certeza amei e com mais certeza ainda quero voltar!

Saída da Oktoberfest
Auf Wiedersehen – Adeus! E até a próxima Oktoberfest.

Veja todos os posts da Alemanha no Mais um Destino.

Vai passar mais do que um dia em Munique? Reserve seu hotel no booking.com usando o link do blog. Além de oferecer segurança e acomodações incríveis, você ainda me ajuda a manter o Mais um Destino no ar sem pagar nada por isso! Muito obrigada. 🙂

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *