Ásia, Tailândia

Khao Lak

Depois de alguns meses viajando pelo interior do Vietnã, Laos e o norte da Tailândia finalmente chegou a hora de continuar a viagem rumo às praias paradisíacas que ficam mais pro sul do país. Depois de tanto tempo “comendo” terra tudo que eu mais queria na vida era pegar uma prainha. Então pela proximidade com Bangkok, Khao Lak me pareceu um ótimo lugar pra começar essa aventura pelo litoral tailandês.

Antes do mochilão eu tinha pesquisado bastante sobre as ilhas do mar de Andaman, aparentemente são as que possuem as águas mais cristalinas da Tailândia. Uma dessas ilhas paradisíacas me chamou atenção, que foi o caso das ilhas Koh Similan.

Uma das opções mais baratas pra chegar até lá é se hospedar na cidade litorânea de Khao Lak, que fica no continente. De Khao Lak saem passeios e excursões pras ilhas Koh Similan todos os dias durante a alta temporada.

Khao Lak, Tailândia
Khao Lak, Tailândia

A Viagem De Bangkok À Khao Lak

Antes de viajar pra essa cidade eu estava passando uns dias em Bangkok. Então eu até fui em uma daquelas agências de turismo que tem ali perto da Khao San Road pra comprar a passagem mas achei o preço deles muito caro.

Então no dia anterior da viagem eu fui até a rodoviária pra comprar diretamente da companhia de ônibus. No final das contas, a passagem saiu mais barata e eu ainda consegui escolher o horário. Aí vai uma dica: se puder, compre as passagem diretamente do terminal rodoviário.

Eu não lembro exatamente quantas horas de viagem foi, mas foi uma viagem noturna. O melhor de tudo é que os ônibus de viagem da Tailândia geralmente são confortáveis, dá pra inclinar o banco e dormir. Outro lado bom de fazer uma viagem noturna é economizar uma noite de hostel. 😛

O ônibus saiu da rodoviária de Bangkok à noite e eu fui chegar em Khao Lak de manhã bem cedinho. Eu ainda estava viajando de ônibus quando acordei um pouco antes do sol nascer. A neblina ainda estava forte mas devagarinho o sol foi se abrindo e revelando a linda paisagem do caminho. Eu dei sorte porque peguei o primeiro banco da fileira lá de cima do ônibus bem de frente com a janelona.

Pequeno Vilarejo Em Um Parque Nacional

O nome Khao Lak significa Montanha Lak. Esse é um dos picos dessa região serrana do Parque Nacional Khao Lak-Lam Ru. A verdade é que Khao Lak não é uma cidade, mas sim uma série de vilas que ficam no distrito de Takua Pa, só que hoje em dia as pessoas geralmente usam esse nome quando se referem à essa região.

Essa foi uma das areas mais devastadas pelo tsunami de 2004. Não somente as praias e a vegetação, como também a maioria dos resorts e hotéis foram extremamente danificados ou completamente destruídos pelo tsunami.

Mas desde então a economia e a infraestrutura tem se recuperado rapidamente. Muitos resorts já foram restaurados e outros novos foram construídos. Mas vou falar a verdade, me deu um certo medinho quando eu vi essa placa. 😀 (Clique na imagem para ler a tradução).

Comparada com as outras partes da Tailândia, Khao Lak é relativamente quieta e não tem muito o que fazer. Também não tem muvuca e nem muitos turistas. Eu diria que fica fora da rota convencional da maioria dos turistas que visitam esse país. Se bem que eu acho que não por muito tempo. Pois as ilhas Koh Similan ficam apenas algumas horas de barco, lá é um lugar perfeito para fazer mergulho.

No dia em que cheguei, depois de achar a acomodação e deixar as mochilas, fui procurar um lugar pra tomar o café da manhã. Nesse mesmo cafezinho eu encontrei um casal de espanhóis que tinham acabado de passar 3 noites acampando nas ilhas Koh Similan. Eles falaram tão bem desse passeio que depois de ter terminado meu café fui em uma das agências de turismo da rodovia pra perguntar sobre os preços.

O preço pra dormir na ilha estava totalmente fora do meu orçamento. Mas eles também ofereciam passeio de um dia. E foi esse passeio que escolhi pra fazer no dia seguinte. Na verdade, esse foi um dos passeios mais caros de todo meu mochilão de 6 meses pelo Sudeste Asiático. Mas com certeza valeu cada centavo.

Explorando Os Arredores E As Praias

Com o dia seguinte já planejado, foi hora de explorar a serena Khao Lak. A começar pelos arredores do hotel notei que haviam diversas lojas de alfaiataria espalhadas por todos os cantos. Aparentemente eles fazem ternos, vestidos e outras roupas sob medida. Continuei caminhando descendo sentido à praia.

Existem pequenos comércios e acomodações mais simples nessa região que fica mais distante da rodovia. Talvez se você procura um lugar mais tranquilo, rodeado de vegetação e mais próximo à praia, esse pode ser um bom lugar para se hospedar.

Depois de alguns minutos de caminhada cheguei na Praia Nang Thong. Ela é bem extensa, tem muita vegetação de uma ponta à outra e estava bem vazia. Mas a cor da água não é super cristalina e como vocês podem ver nas fotos abaixo, a areia da praia não é tão branquinha. Por mim tudo bem, não sou muito exigente. O que importa é estar na Tailândia!

Decidi caminhar por quilômetros pra ver o que tinha por ali. Parei em um restaurante na beira da praia pra tomar uma piña colada, um dos meu drinks favoritos quando estou de férias. E por ali fiquei a tarde toda. Deve ter sido um restaurante de um dos resorts que tem por ali (que é onde eu tirei aquela foto embaixo do guarda-sol vermelho no início desse post). Depois de passar o dia inteiro curtindo a praia, voltei pra hotel pra tomar um banho e sair pra jantar.

E aí vem outro ponto de Khao Lak que eu gostei. Uma das coisas que achei mais diferente é que tem uma rodovia que passa dentro da cidade. Apesar de ser uma importante rodovia, o trânsito não é tão intenso. E dos dois lados da rodovia tem hotéis, lojas, restaurantes e comércio. Muitos dos restaurantes tem as mesas do lado de fora. Então a noite você sai pra jantar e literalmente senta em uma mesa de beira de estrada pra tomar uma cerveja. Eu adorei!

No meu segundo dia em Khao Lak a van do passeio veio de manhã bem cedinho me buscar no hotel. Passei o dia inteiro nas ilhas Koh Similan (em breve farei um post completo com todas as informações sobre essas ilhas) e voltei pra Khao Lak à noite onde jantei e capotei.

No dia seguinte estava na dúvida se ficava mais um dia em Khao Lak ou se continuava a viagem para Phuket. Decidi pela segunda opção, pois faltavam poucos dias pro natal e achei que se eu chegasse tarde em Phuket ia ser mais difícil de achar alguma acomodação legal disponível.

Onde Se Hospedar Em Khao Lak

Você já deve saber que eu sou mochileira e por aqui não tem muito luxo não. Cheguei na cidade sem ter reservado nada, porque como eu ia chegar cedinho, dava pra ir visitando os hostels pra escolher um lugar que me agradasse. E pra poder negociar os preços também. Durante meu mochilão pelo Sudeste Asiático eu só reservava uma acomodação com antecedência, caso eu fosse chegar no novo destino tarde da noite.

Andei pela avenida principal e fui parando de um em um até achar um hotel que tivesse um quarto disponível, com um preço bom e que fosse limpinho e com carinha de confortável. Eu fiquei hospedada no Khaolak Grand City e achei ótimo custo-benefício. A localização dele pra mim foi outro ponto positivo, não fica muito perto da praia mas fica bem na rodovia, pertinho de varios restaurantes, mercados e lojinhas.

Pena que eu não tenho fotos do quarto, mas era bem grande, com wi-fi e ar condicionado. Só era um pouco escuro mas até aí tudo bem. O banheiro ficava dentro do quarto, era novo e bem limpinho também. Quando eu estava no hotel eu passava a maior parte do meu tempo na piscina, que ficava vazia praticamente o dia inteiro.

Khao Lak Grand City Hotel, hotel em Khao Lak
Essa sou eu em um momento de diversão na piscina do hotel Khaolak Grand City. Escolhi minha foto mais bonita. 😀

Então se você está se perguntando o que eu acho de Khao Lak e se eu recomendo essa cidade, minha resposta é: depende. Eu só recomendo se você estiver com bastante tempo pra conhecer a Tailândia.

Se a sua viagem é de duas semanas, por exemplo, eu não iria até lá. Mas se você vai ficar um mês ou mais viajando pelo país, aí sim eu recomendo, por dois motivos. Primeiro porque serve de base pra visitar as ilhas Koh Similan. Segundo porque fica no caminho pra Phuket se você tá descendo ou no caminho pra Bangkok se você tá subindo.

A Viagem De Khao Lak À Phuket

De Khao Lak continuei no meu mochilão pela Tailândia e a próxima parada é Phuket. O melhor de tudo é que dá pra pegar um ônibus local pra Phuket que passa varias vezes ao dia na estrada que atravessa Khao Lak. Eu não lembro o preço exato mas é bem baratinho. É só sentar em um ponto de ônibus da rodovia e esperar… e esperar!

A viagem dura por volta de duas horas. O ônibus estava cheio de moradores locais e somente eu mais uns 3 turistas estrangeiros, tudo mochileiro também. Me senti praticamente uma local pegando esse ônibus para mais um destino.

Adorei conhecer Khao Lak e sinceramente espero poder voltar um dia e curtir de novo a vibe tranquila desse lugar.

Veja todos os posts da Tailândia no Mais um Destino.

Vai passar mais do que um dia em Khao Lak? Reserve seu hotel no booking.com usando o link do blog. Além de oferecer segurança e acomodações incríveis, você ainda me ajuda a manter o Mais um Destino no ar sem pagar nada por isso! Muito obrigada. 🙂

Compartilhe:

4 comentários em “Khao Lak”

  1. Quantas belezas naturais Nádia que você teve o prazer de conhecer aí khao Lak na Tailândia e é cheio de beleza que você conseguiu passar todas essas informações pra todos nós, ou seja, pra todo mundo. What a wonderful world!!!

    1. Jane, você vai amar Khao Lak principalmente se for visitar as ilhas Koh Similan que são imperdíveis. Com relação ao transporte, eu não fui de Khao Lak à Krabi. Mas andei olhando aqui pra você e descobri que a empresa Hat Yai World Tour faz esse trajeto de mini-bus/van por £10 com a duração de 5 horas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *