Confissões, Reflexões

10 MAIORES ACONTECIMENTOS DOS MEUS 20 ANOS

Vou começar essa seção do blog com um post muito especial que pra mim é considerado um grande marco, afinal leva um certo tempo para gente completar uma década de vida, não é mesmo? Ensaiei muito pra escrever sobre isso e tentei colocar todos os meus pensamentos em palavras. O que pra mim ainda é difícil mas estou conseguindo melhorar aos poucos com ajuda desse blog.

Esse ano, umas semanas antes de completar 30 anos, me peguei refletindo sobre a vida e tudo aquilo que fiz e conquistei durante os meus 20 anos. No começo foi um pouco frustante chegar nessa idade, olhar pros meus amigos e notar que eu estava em um caminho completamente diferente do deles. A maioria já estão casados, com filhos, uma carreira formada, empregos bons e estabilidade financeira. Muitos, se não todos, já possuem seu carro ou casa própria. E quando parei pra olhar o que eu tinha conquistado nessa última década, notei que eu não havia ticado nenhuma dessas alternativas. Mas ao invés de deixar os pensamentos negativos tomarem conta, pelo contrário, tentei olhar pra minha vida e reconhecer as coisas incríveis (apesar de diferentes) que conquistei nesses últimos 10 anos. Essa é a lista dos 10 maiores acontecimentos dos meus 20 anos:

Conhecer 33 Países

Se no auge da minha adolescência alguém chegasse em mim e falasse: “- Garota, calma! Você ainda vai conhecer o mundo.” – eu ia achar totalmente fora da minha realidade e provavelmente não ia dar ouvidos. A verdade é que nunca tive o sonho de viajar para fora do Brasil, pois viajar dentro do Brasil já me fazia bem feliz. Sou de uma família simples porém batalhadora, nunca imaginei que um dia seria capaz de viajar pra tantos lugares do mundo. Tudo isso conquistado com meu próprio esforço. Consegui conhecer mais de 30 países antes dos 30 e nada me deixa mais feliz do que me aventurar por esse mundo afora, conhecer lugares inesquecíveis, pessoas incríveis e vivenciar culturas tão diferentes da minha.

Morar 9 Anos No Exterior

Quando decidi morar na Inglaterra pra estudar inglês a ideia era ficar aqui um ano e meio. No entanto, 9 anos já se passaram e ainda não tenho data pra voltar pro Brasil. Praticamente 1/3 da minha vida eu vivi aqui. Londres foi e continua sendo uma das maiores escolas da minha vida. Morar fora não é assim tão fácil quanto parece. Aqui eu me tornei adulta, madura e independente. E o processo não foi nada gradativo, foi igual àquela mãe chata que fala: “Levanta, engole o choro! Você não tem tempo pra isso.” Me virei do avesso pra me encontrar. Mudei. Cresci. Errei. Sofri. Aprendi. Conheci pessoas maravilhosas e me despedi com o coração apertado de tantas outras. Aprendi a amar uma nova cultura, um novo povo e novos costumes. Aprendi que tenho um novo lar, uma nova casa e que posso chamar esse país de meu. Porque nossa casa é aonde nosso coração está. Nesse caso tive que dobrar meu coração de tamanho pra que ele abrigasse meu Brasil e a minha Inglaterra.

Fazer Um Mochilão De 6 Meses No Sudeste Asiático

Um dia do nada me peguei pensando que queria fazer uma dessas loucuras de largar tudo pra trás e viajar o mundo por meses sem ter que pensar no dia de amanhã. Foi assim que larguei o emprego que tinha em Londres, o apartamento que eu adorava, tranquei todos os meus pertences em um self storage e parti para o Sudeste Asiático, ou melhor dizendo, parti para a melhor experiência da minha vida. Foram 6 meses de muita aventura descobrindo lugares maravilhosos desse mundo. Faria tudo de novo quantas vezes pudesse. Essa experiência me fez crescer tanto, hoje faz parte de quem eu sou. Sem contar que mudou completamente minhas prioridades na vida. Aprendi ser feliz com menos e agradecer mais. Direto ainda me pego sorrindo de olhos fechados lembrando dos dias maravilhosos desse mochilão. Não há nada nesse mundo que pague tamanha felicidade.

Aprender Uma Nova Língua

Tão importante quanto conquistar o mundo e minha independência foi aprender e ser fluente em uma nova língua. Pois só pude conquistar meu espaço na Inglaterra no momento que conquistei a sua língua. Hoje vejo cada vez mais a importância disso em todos os outros aspectos da minha vida. Pois com o inglês afiado eu desbravo novos destinos, tenho a oportunidade de crescer na minha carreira, faço amizades com pessoas incríveis do mundo inteiro, leio livros que muitas vezes não possuem tradução para o português. Enfim, é um mundo infinito de novas oportunidades. A língua inglesa te dá uma segurança de que não importa aonde você esteja no mundo, vai ter sempre alguém que vai te entender.

Adquirir 2 Cidadanias

Morar em outro país, aprender uma nova língua, viajar o mundo… no meu caso acredito que isso só foi possível pelo fato de eu ter conseguido a cidadania lituana através do meu avô. Meu avô deixou a Lituânia com seus familiares quando ainda era apenas uma criança e depois de meses viajando de barco chegaram ao Brasil. Minha irmã, sempre muito esperta e curiosa, descobriu que tínhamos direito à essa cidadania por causa do meu avô. E que com ela poderíamos morar legalmente na maioria dos países da Europa assim como na Inglaterra, devido ao fato de que a Lituânia é um país que faz parte da União Européia. A segunda cidadania que eu adquiri durante meus 20 anos foi a britânica. Após morar na Inglaterra por mais de 9 anos, trabalhando todos esses anos, sendo uma cidadã correta que paga seus impostos, apliquei pra cidadania, uma vez que não sabemos o que o futuro nos reserva. No momento que escrevo esse post, o Reino Unido está negociando a sua saída da União Européia. Assim, tendo a cidadania britânica eu tenho o direito de ir e vir quando quiser. Posso morar anos fora e voltar sempre que quiser pois sou tão britânica quanto à Kate Moss ou Kate Middleton.

Me Formar Na Faculdade

Entrei na faculdade de Educação Física aos 17 e me formei aos 20! Apesar de ser muito jovem pra saber o que eu queria pro resto da vida, tenho certeza que não poderia ter escolhido um curso que mais combinasse comigo. Eu sempre fui muito ativa, sempre amei esportes, cuidar do corpo e da mente. Talvez o que também tenha me influenciado nessa escolha foi o fato de eu ter tido professores maravilhosos de educação física na infância. Eu aprendi muito todos esses anos na faculdade pois não havia uma matéria sequer que eu não me interessasse. Ser saudável e praticar atividades física faz parte do meu estilo de vida e aprender mais sobre o corpo humano é algo que me fascina até hoje.

Me Tornar Mergulhadora De Mar Aberto

Foi por impulso? Foi. Foi contra minha vontade? Quase. Foi só pra acompanhar alguém? Foi. Foi uma das melhores coisas que fiz na minha vida? Definitivamente! Mas quase achei que não fosse conseguir. Nunca havia passado pela minha cabeça fazer esse curso e muito menos explorar o fundo do mar. Mas pra minha surpresa depois de 4 árduos dias de muito estudo e muita prática, depois de eu achar que seria impossível e eu não fosse conseguir, lá estava eu: nadando na companhia de peixes coloridos e lindos corais uns 18 metros no fundo do mar. Essa conquista me apresentou à um mundo completamente diferente e mágico, lá não somos regra e sim exceção. Lá flutuamos com peixes curiosos, tartarugas marinhas amigáveis e uma infinidade de corais de todos os tamanhos e formas. É difícil acreditar no que os nossos olhos estão vendo. Se eu já amo explorar o mundo por terra, agora estou ainda mais enstusiamada para explorá-lo também por debaixo d’água.

Ser Voluntária No Maior Evento Esportivo Do Mundo

Desde pequena sempre tive o sonho de um dia fazer trabalho voluntário e me sentir útil ajudando alguém, uma comunidade, um lugar ou nesse caso: o maior evento esportivo do mundo. Um dia comum e cinzento em Londres, vi um anúncio no metrô que estavam abertas as vagas de voluntários para as Olimpíadas de 2012 em Londres. Na mesma hora eu tive a certeza de que eu queria ser parte desse evento histórico. Foram meses de entrevistas e treinamentos para que os voluntários fossem distribuídos nos cargos em que poderiam ser mais fundamentais. A minha equipe ficava na base do Comitê Olímpico Internacional no Hotel Hilton em Londres. Foram duas semanas fantásticas de muito aprendizado. Mas ainda não acabou por aí, pois pra minha alegria se tornar ainda maior, conheci a mulher que serviu de inspiração para meu nome, a ginasta romena Nadia Comaneci. A primeira ginasta a receber uma nota 10. Quando a vi minhas pernas tremeram, eu perdi o ar e fiquei muito nervosa pois minha vida inteira ouvi falar dela. Mesmo assim, cheguei até ela, estendi a mão e pedi uma foto. Disse à ela que meu nome era Nadia por causa dela. A sua reação foi a melhor de todas, ela ficou extremamente feliz e lisonjeada. Pense em uma mulher linda e simpática, daquelas pessoas que enchem o ambiente de luz com a sua presença. Que baita orgulho ser xará dela.

Começar Esse Blog

Se tem uma definição para a palavra orgulho é exatamente o que eu estou sentindo agora depois de finalmente ter colocado em prática um sonho antigo de ter um blog. Sempre soube que apesar de ser um compromisso desafiador também é muito gratificante, e que eu conseguiria dar conta de tudo com muito esforço e muita dedicação. Quem me conhece sabe que eu sempre me dedico 100% em tudo que faço e dou absolutamente o meu melhor quando me envolvo em um projeto. Hoje eu tenho esse esse blog do jeitinho que sempre quis onde divido minhas experiências e dicas de viagem com familiares, amigos e pessoas do mundo todo falando sobre o assunto que sou mais apaixonada: viajar! Me sinto extremamente realizada de ter a coragem e a determinação para realizar mais esse sonho.

Encontrar Meu Grande Amor

E quem diria que mesmo depois de tudo isso, a vida ainda tinha preparado mais uma grande surpresa pra mim? E sem dúvidas foi a melhor de todas elas. Conheci o meu noivo bem na época que eu estava desanimada com muita coisa, quase desistindo de tudo e voltando para o Brasil. Somos os dois do mesmo país, mas tivemos que atravessar um oceano e morar em outro continente para que nosso caminho se cruzasse. Meu amor de outras vidas. ♥ Tudo à nossa volta conspirou pra que a gente se encontrasse no momento certo, quando os dois estavam prontos pra começar uma vida juntos. Ele é meu companheiro de aventuras, meu melhor amigo e meu parceiro em todos os momentos da vida.

Não tem como dizer que não vivi intensamente cada minuto da minha vida durante meus 20 anos e que consegui alcançar mais do que muita gente levaria uma vida inteira para alcançar. Foi assim que aprendi que apesar das minhas conquistas serem um tanto quanto diferente da maioria dos meus amigos, elas também têm o seu valor. Lógico que ninguém está nesse mundo pra competir ou ser uma cópia do outro. Cada um tem um caminho único pra trilhar e coisas fantásticas pra conquistar. Agora eu olho pra trás e tenho um orgulho enorme de todas as decisões que tomei, pois é por elas que hoje estou exatamente aonde deveria (e amo) estar.

E você? Me conta nos comentários quais foram os maiores acontecimentos dos seus 20 anos?

Compartilhe:

4 comentários em “10 MAIORES ACONTECIMENTOS DOS MEUS 20 ANOS”

  1. Você é uma vencedora professora! Temos a grande mania de comparar e medir sucesso, mas a vida deve ser encarada de outra forma! O maior desafio é se reerguer após “insucessos” ou dificuldades, ou encontrar uma nova rota! Enfim, um grande abraço e feliz por te ver bem!

  2. Belíssima história de vida Nádia!! Quantas experiencias, conquistas e realizações e tudo na sua década dos 20 aos 30 anos e sei que tem muito mais, sei que tudo isso é só um bom resumo de todas suas vivências fora do Brasil!!Muito bom compartilhar com você tudo isso!! Felicidades e sucesso sempre .

    1. Eu fiquei emocionada escrevendo esse post. Uma vida cheia de aventuras, conquistas e aprendizados. Obrigada por tudo, sem vocês eu não estaria aqui e não seria metade do que sou. ♥

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *